ASSINE

Personalidades lamentam a morte de Eduardo Galvão, vítima do novo coronavírus

Artistas como Angélica, Patrícia Pillar e Léo Jaime se manifestaram nas redes sociais

Publicado em 08/12/2020 às 16h29
O ator Eduardo Galvão, que morreu em dezembro de 2020 em decorrência do coronavírus
O ator Eduardo Galvão, que morreu em dezembro de 2020 em decorrência do coronavírus. Crédito: João Cotta / Globo / Divulgação

A morte de Eduardo Galvão nesta segunda-feira, 7, aos 58 anos, vítima do novo coronavírus é lamentada por familiares, amigos, artistas de diversas áreas, fãs e influenciadores digitais. O ator estava internado na UTI do hospital Unimed Rio desde o início do mês.


A última novela que ele atuou foi Bom Sucesso, no ano passado, na TV Globo. Porém, Eduardo Galvão foi presença marcante em diversas tramas da emissora, inclusive em séries e até programas infanto-juvenis, como Caça Talentos, de 1996, com a apresentadora Angélica.

Nesta terça-feira, 8, a morte dele esteve entre os assuntos mais comentados do dia no Twitter.

"Meu Deus do céu. Perdemos o grande ator Eduardo Galvão para a covid-19. Que tristeza, que lástima! Jovem, saudável... E nos deixou. Meus sentimentos à família. Que tragédia esse vírus é", escreveu o influenciador digital e youtuber Felipe Neto.

"Uma tristeza imensa a perda do ator Eduardo Galvão pra covid. Grande colega de trabalho, um cara leve e super divertido. Todo o meu carinho aos amigos e familiares", escreveu a atriz Patricia Pillar.

O cantor Léo Jaime também lamentou no Twitter: "Perdemos o querido Eduardo Galvão. Mais uma vítima do Covid. Pessoa muito querida e grande artista".

No Instagram, o diretor de TV Boninho também fez um texto em homenagem a Eduardo Galvão. "Acabo de receber a notícia que um querido amigo perdeu a luta para a covid @galvaoeduardooficial. Era uma doce e divertida pessoa. Meu parceiro no #caçatalentos programa da @angelicaksy. Ator talentoso, divertido. Pra muitos é só uma gripe, para quem perde parceiros é uma peste grave. Eu sigo com medo e com todos os cuidados. Covid mata sim", concluiu.

Angélica, parceira de Caça Talentos, lamentou a morte do ator nas redes sociais. "Eu não consigo acreditar que essa doença te levou da gente. Tá muito difícil. Precisamos tanto da sua leveza, alegria, liberdade e carinho nesse mundo! Você foi um presente lindo que a fada Bela me deu. Uma parceria linda, mágica, 'Artur e fada Bela'. Obrigada por sua amizade, por ser esse cara tão especial no meu coração e no coração de tanta gente! Sim, porque você é uma unanimidade", concluiu a apresentadora.

Eduardo Galvão também participou da série Um Menino Muito Maluquinho, uma releitura da obra de Ziraldo. Escrito por Ana Muylaert, o seriado foi exibido pela TVE Brasil em 2006. O ator interpretou o pai do garoto.

A última postagem de Eduardo Galvão no Instagram foi no dia 25 de novembro deste ano, quando comemorou o aniversário do primeiro ano de vida da neta. "Hoje minha neta está completando um aninho! Que Deus abençoe sempre sua vida! O vô te ama muito", declarou.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Coronavírus Covid-19 Famosos Pandemia

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.