ASSINE
SÁB
01
DOM
02
SEG
03
TER
04
QUA
05
QUI
06
SEX
07
SÁB
08
DOM
09
SEG
10
TER
11
QUA
12
QUI
13
SEX
14
SÁB
15
DOM
16
SEG
17
TER
18
QUA
19
QUI
20
SEX
21
SÁB
22
DOM
23
SEG
24
TER
25
QUA
26
QUI
27
SEX
28
SÁB
29
DOM
30
SEG
31

João Carlos Martins faz live com Daniel Boaventura na quinta-feira (20/05)

A programação também conta com bate-papo musical entre Johnny Hooker e Gaby Amarantos; confira a agenda

Publicado em 14/05/2021 às 17h40
Atualizado em 20/05/2021 às 14h57

MÚSICA

  • O cantor Johnny Hooker no clipe da canção

    Johnny Hooker e Gaby Amarantos

    Os músicos têm um bate-papo musical às 19h, no perfil no Instagram @casanaturamusical. A live faz parte do conjunto de transmissões "Afetos", em comemoração ao aniversário da instituição. 

  • João Carlos Martins chega aos 80 anos como maestro da arte da superação

    João Carlos Martins e Daniel Boaventura

    O maestro convidou o ator e cantor Daniel Boaventura para a live desta quinta-feira (20), às 20h30, com a Bahiana Filarmônica Sesi-SP. A apresentação será feita diretamente do palco do teatro Sesi-SP, sendo transmitida pelo canal  no YouTube do Centro Cultural Fiesp

TEATRO

  • A Última Virgem

    Espetáculo virtual gravado em 2019, com direção de Celso Jr. Sua transmissão ocorre às 20h, no YouTube. As instruções de acesso serão fornecidas pela organização próximo ao início do evento. Ingresso: R$ 0 a R$ 20. Venda: no site Sympla. Classificação Indicativa: 14 anos. 

    Sinopse: Em "A Última Virgem", o núcleo familiar é formado por Noronha, baixo funcionário da Câmara dos Deputados, sua esposa - D.Aracy, chamada de " Gorda"- e suas cinco filhas. As quatro mais velhas não se casaram e se prostituem para dar à caçula - a última virgem- um casamento de princesa. A mais velha, Aurora, se prostitui nas horas vagas, e mantém um emprego numa repartição pública; Arlete tem nojo de homem e se refugia na homossexualidade como resposta à sua situação de mulher-objeto; Débora vive arranjando mulher pra homens idosos; e a silenciosa Hilda é médium espírita. Todas se concentraram até então no objetivo de dar à Silene um casamento grandioso. No choque desse entrelace familiar polêmico e o mundo lá fora resultam em explosões trágicas e patéticas.

  • O ator Deo Garcez na peça

    Luiz Gama - Uma Voz Pela Liberdade

    Espetáculo on-line com texto e atuação de Deo Garcez ao lado de Soraia Arnoni. Temporada: 13, 20 e 27 de maio, às 19h. Sua transmissão ocorre no Zoom, acessível via Sympla Streaming. Ingresso: de R$ 20 a R$ 200. Venda: no site Sympla.

    Sinopse: Uma biografia dramatizada de Luiz Gama, ex-escravo, jornalista, poeta, primeira voz negra da literatura brasileira, advogado abolicionista que libertou mais de quinhentas pessoas escravizadas.

  • O Pior de Mim

    O monólogo virtual fica disponível de 00h do dia 17 de maio até às 23h59 do dia 23 do mesmo mês. Sua transmissão será no YouTube e as instruções de acesso serão fornecidas pela organização próximo ao início do evento. Ingresso: R$ 10 a R$ 200. Venda: no site Sympla. Duração: 50 minutos. Classificação Indicativa: 14 anos.

    Sinopse: “O Pior de Mim” é um trabalho em que Maitê parte de sua história pessoal para falar de todas as histórias, convidando o público a uma reflexão sobre questões e sentimentos universais. Ela revisita a própria trajetória desde a infância até os dias de hoje, observando como todos, ao longo da vida, em maior ou menor grau, acabamos desenvolvendo variados bloqueios e, na tentativa de nos proteger, construímos muros ao nosso redor, nos afastando do outro e da liberdade que tanto desejamos.

  • Cena da peça Macbeth2020

    Macbeth 2020

    Espetáculo virtual com direção de Sidnei Oliveira. A peça tem acesso disponibilizado no YouTube, até o dia 30 de maio, com entrada exclusiva a partir da reserva gratuita no site Sympla. Duração: 40 minutos. Classificação Indicativa: 12 anos.

    Sinopse: Nesse filme-teatro, Luis Lobianco, que é também idealizador e diretor geral do projeto, interpreta 7 personagens arquetípicos da classe teatral. Figuras reconhecíveis do ambiente teatral que relatam suas vivências em uma espécie de documentário tendencioso e sensacionalista. As referências são os extintos programas de TV dos anos 1980 e 1990 que levavam às últimas consequências temas relacionados ao submundo da madrugada.

  • Angustia-me

    Espetáculo virtual com direção de Alexandre Mello. A peça tem acesso disponibilizado no YouTube, até o dia 30 de junho, com entrada exclusiva a partir da reserva gratuita no site Sympla. Classificação Indicativa: 14 anos.

    Sinopse: Eles não são ninguém, mas ainda assim afetam uns aos outros. A área de fumantes de um shopping, um estúdio de filmes pornôs e uma funerária abrigam seis personagens que se relacionam em seus desejos, que se chocam em suas expectativas frustradas, se apoiam nas suas esperanças e na força que os move diariamente. Angustia-me é sobre desejos não realizados, sobre sonhos, sobre todos nós.

  • 21º Festival Nacional de Teatro de Guaçuí

    O evento com transmissão de peças capixabas e de SP, RJ, PB e MG teve início no último dia 16 e segue até o dia 22 de maio. A programação gratuita está sendo exibida no canal no YouTube do grupo Gota, Pó e Poeira. Confira as atrações do dia:

    10h - A Refeição - Cia Tramp de Palhaços - SP

    14h - Estação Torrete - Ovorini Carpintaria Cênica - MG

    20h- O Mundo Assombrado - Cia Nós de Treatro

DANÇA

  • Oficina de Dança Afro-brasileira

    Os dançarinos Danilo dos Anjos e Thais Almeida trabalham com elementos base da Dança Afro-brasileira, contextualizando as noções históricas, estéticas e socioculturais. Além disso, eles apresentam elementos básicos da dança como posturas, posições e movimentos, buscando oferecer um referencial teórico e prático para alunos iniciantes e público interessado em geral. A última transmissão ocorre neste 20 de maio, sempre às 19h, no perfil no Instagram @thelemact.

EXPOSIÇÃO

  • Obra

    Fotógrafos capixabas- Sob o Olhar de Walter Firmo

    Mostra digital de fotografias que derivaram de um workshop desenvolvido por Walter Firmo. Os trabalhos desenvolvidos por capixabas nessa oficina compõem a exposição e trazem registros do dia a dia da cidade de Vitória. Seu acesso é gratuito, no site do Museu Vale. Além disso, a mostra tem previsão de perdurar até quando durar a pandemia do novo coronavírus.

  • Nossa Casa

    A mostra virtual do Museu da Casa Brasileira tem curadoria de Camila Fix e reflete sobre o habitat na pandemia. O passeio digital pelas obras ocorre através de vídeos disponíveis gratuitamente no site do museu. A exposição reúne trabalhos dos artistas: Regina Silveira, Marcelo Cipis, Ricardo Ribenboim, Guto Lacaz, Alexandre Dacosta, Marcelino Melo e dos designers, Ronald Saasson, Claudia Moreira Sales, coletivo Plataforma4, Estudio Guto Requena, Inês Schertel, Giorgio Bonaguro e Gustavo Martini.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.