ASSINE
DOM
01
SEG
02
TER
03
QUA
04
QUI
05
SEX
06
SÁB
07
DOM
08
SEG
09
TER
10
QUA
11
QUI
12
SEX
13
SÁB
14
DOM
15
SEG
16
TER
17
QUA
18
QUI
19
SEX
20
SÁB
21
DOM
22
SEG
23
TER
24
QUA
25
QUI
26
SEX
27
SÁB
28
DOM
29
SEG
30

A segunda-feira (16) terá peça "Oboró- Masculinidades Negras" on-line

A programação do dia também contará com espetáculos digitais "Mãe Arrependida" e "Todos os sonhos do mundo"; confira a agenda

Publicado em 13/11/2020 às 17h01
O espetáculo
O espetáculo "Oboró Masculinidades Negras" . Crédito: Julio Ricardo/Divulgação

Música

  • 58º Festival Villa-Lobos

    No ano de 2020 o festival contará com atrações digitais de 9 a 27 de novembro. Na segunda (16) terá apresentação do Gruopo Coroá, com regência de Ignez Perdigão. Ela será exibida às 16h, no canal no YouTube Museu Villa Lobos. 

Teatro

  • Oboró- Masculinidades Negras

    Espetáculo on-line com texto de Adalberto Neto e direção de Rodrigo França. Sua exibição ocorre às 19h30, no Zoom, acessível via Sympla Streaming. Ingressos: de R$ 15 a R$ 150. Venda: No site Sympla. Classificação: 14 anos. Duração: 40 minutos. Temporada: 9 a 30 de novembro. 

    Sinopse: O premiado espetáculo "Oboró - Masculinidades Negras", agora em entra curta temporada on-line, em uma versão reformulada, com novas cenas e alternância de elenco. Oboró é um termo que, em Yorubá, é usado para designar orixás do sexo masculino e que, em cena, apresenta os conflitos de vida dos homens que eles interpretam. Cada personagem apresenta características de um, entre os orixás: Exu, Ogum, Oxóssi, Logun Edé, Ibeji, Osanyin, Omolu, Oxumaré, Iroko, Xangô e Oxalá. Entre os problemas apresentados, estão a hipersexualização do corpo negro, a busca pela perfeição em troca de um lugar ao sol e os riscos de habitar uma pele preta.

  • Peça

    Todos os Sonhos do Mundo

    Monólogo com texto e atuação de Ivam Cabral. Às 21h, no Zoom, acessível através da plataforma Sympla Streaming. Ingressos: R$ 0 ou R$ 10. Venda: No site Sympla. Duração: 60 minutos. 

    Sinopse: O ator e dramaturgo Ivam Cabral leva à cena seu solo/recital, que estreou em 2019, no qual mescla relatos sobre sua formação pessoal e artística, sua origem em Ribeirão Claro, cidade do norte do Paraná, e suas andanças pelo mundo com sua companhia, Os Satyros. O cerne do trabalho é calcado no processo de depressão que Ivam Cabral viveu a partir de 1999, quando foi diagnosticado bipolar. A estrutura cênica é simples: um palco digital vazio; um ator desprovido de figurinos ou adereços; um diálogo direto com o público.

  • A atriz Karla Tenório

    Mãe Arrependida

    Espetáculo digital com dramaturgia e encenação de Karla Tenório. A transmissão ocorre às 21h, no Zoom, acessível via Sympla Streaming. Temporada: de 09 de novembro a 16 de dezembro de 2020 – Segundas, Terças e Quartas, às 21h. Duração: 55 minutos. Classificação Indicativa: 16 anos. Ingresso: de R$ 30 a R$ 200. Venda: No site Sympla.

    Sinopse: "Mãe Arrependida" é um convite para uma viagem pelo lado sombrio e oculto da maternidade, uma confissão de quem nunca lidou bem com essa experiência. O olhar sobre a maternidade se desloca, permitindo uma reflexão particular de cada espectador, mães e filhos.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.