ASSINE

Faculdade no ES é credenciada pelo MEC como centro universitário

Com a mudança, a Multivix Vitória ganha autonomia para criar e extinguir cursos superiores. Para 2022, a expectativa é de expandir a oferta de bolsas de estudos

Tempo de leitura: 2min
  • Multivix

  • Estúdio Gazeta

    O Estúdio Gazeta é o time de produção de conteúdo para anunciantes da Rede Gazeta, com estrutura independente da Redação de A Gazeta/CBN.
Publicado em 07/02/2022 às 17h07
Multivix
A Multivix Vitória foi recentemente credenciada pelo MEC como centro universitário com nota máxima (5). Crédito: Multivix/Divulgação

Ter um curso superior no currículo é a meta de muitos brasileiros. Para garantir uma formação de qualidade é preciso escolher bem a instituição de ensino. Vale prestar atenção no corpo docente, infraestrutura, desempenho acadêmico, projetos especiais e vários outros fatores que podem ser encontrados em um centro universitário de qualidade.

Para ganhar essa nomenclatura, é preciso atender a alguns requisitos do Ministério de Educação (MEC). Com a autorização, as instituições de ensino possuem autonomia para criar, organizar e extinguir cursos e programas de educação superior.

Quem comemora esse novo título é a Multivix Vitória, recentemente credenciada pelo MEC como centro universitário, com nota máxima (5), após comprovar a qualidade de ensino, infraestrutura e condições de trabalho acadêmico reforçadas.

“Estamos muito orgulhosos com essa conquista. Ser credenciado pelo MEC como centro universitário com nota máxima nos encoraja a continuar oferecendo educação de qualidade para a comunidade e a dar continuidade na transformação de vidas por meio do ensino. Nossa expectativa é que essa mudança fortaleça ainda mais a instituição no mercado educacional”, afirma o diretor executivo do Grupo Multivix, Tadeu Penina.

Multivix
Segundo o diretor executivo do Grupo Multivix, Tadeu Penina, a expectativa é que seja ofertado um maior número de bolsas de estudo. Crédito: Multivix/Divulgação

Segundo ele, esse título vai além do nome e envolve inúmeras possibilidades tanto para a instituição quanto para os alunos. Penina explica que agora é possível ampliar o acesso ao ensino superior com a abertura de novos cursos e trâmites menos burocráticos no MEC. Além disso, a expectativa é que seja ofertado um maior número de bolsas de estudo.

Por isso, para 2022 a expectativa é promover um crescimento no ensino presencial e a distância. “Abriremos novos cursos e ampliaremos as vagas. Também temos como meta investimentos para a construção de novos laboratórios, campos de prática e tecnologia”, pontua o diretor executivo.

Já na educação a distância, Tadeu Penina reforça que o objetivo é levar a Multivix para todo o Brasil com a ampliação dos polos. “Nosso objetivo é permitir que todo o brasileiro que queira fazer um curso superior conheça e estude com a qualidade Multivix.”

Desde 1999, o Grupo Multivix atua no Espírito Santo promovendo acesso à educação superior e projetos pedagógicos que formam alunos preparados para o mercado de trabalho. Recentemente, a instituição foi coroada com nota 5 em Odontologia pelo MEC, sendo a única do Estado a conseguir pontuação máxima no curso.

Multivix
Para 2022, a expectativa da faculdade é promover um crescimento no ensino presencial e a distância. Crédito: Multivix/Divulgação

MULTIVIX

Site

Central de Atendimento

Instagram

Este é um conteúdo de responsabilidade do anunciante.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.