ASSINE
O cotidiano das nossas cidades, a cultura, a política, a economia e o comportamento da sociedade estão no foco da coluna, que acompanha de perto também as políticas públicas e suas consequências para os cidadãos

Condenados a pequenas penas vão trabalhar em escolas de Cariacica

95 apenados vão prestar pequenos serviços de reforma, pintura, capina e serviços gerais, aos sábados e feriados, em creches e escolas de ensino fundamental de Cariacica

Publicado em 16/08/2018 às 19h08
 Apenados vão prestar serviços em creches e escolas de ensino fundamental de Cariacica. Crédito: Arquivo
Apenados vão prestar serviços em creches e escolas de ensino fundamental de Cariacica. Crédito: Arquivo

Pelo menos 95 apenados vão prestar pequenos serviços de reforma, pintura, capina e serviços gerais, aos sábados e feriados, em creches e escolas de ensino fundamental de Cariacica. Todos foram condenados pela Justiça a pequenas penas convertidas em serviços comunitários.

Sem prisão

As penas variam de um a quatro anos e serão cumpridas nesse período com trabalhos comunitários voluntários. Os trabalhadores são moradores de Cariacica e não chegaram a cumprir pena de prisão fechada.

‘Rodo’ compressor

Tem gente na Prefeitura de Vila Velha que tem uma explicação muito simples para o apoio à candidatura a deputado de Carlos Von na PMVV, mesmo sendo ele de Guarapari. “Enquanto esteve aqui na prefeitura como secretário, ele fidelizou muitas eleitoras. Ficou conhecido como ‘rodo’”, esclarece uma servidora.

Fome de voto

A campanha eleitoral começou para valer nesta quinta-feira, mas muitos candidatos e suas equipes não quiseram perder tempo: um minuto depois da meia-noite de ontem já postavam artes de candidatos nos grupos de WhatsApp.

Elas mandam

Neste momento, mulheres comandam alguns dos órgãos mais importantes da República brasileira: Supremo Tribunal Federal (STF), Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Superior Tribunal de Justiça (STJ), Procuradoria-Geral da República (PGR), Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e Advocacia-Geral da União (AGU).

O 2º em quatro

Do chefe de Polícia Civil, Guilherme Daré, no Face: “É com muita alegria que tive a honra de ser eleito, por unanimidade, vice-presidente do Conselho Nacional de Chefes de Polícia Civil para a Região Sudeste”.

Só um?

Em todo o país, apenas um candidato admitiu à Justiça Eleitoral que é analfabeto. Há quem diga que exista mais.

Vacas magras

Está sobrando trabalho e faltando dinheiro na campanha eleitoral deste ano. Um dos candidatos a prefeito de Vitória, em 2016, tinha 30 pessoas trabalhando diretamente na sua campanha. Agora tem candidato a governador com apenas quatro – os demais são contratados por serviço e tempo determinados. Ou seja, acabou a tarefa, vai embora.

Vida dura

Um marqueteiro preparou material para seus assessorados há mais de 15 dias. Ontem, parte desses candidatos pediu pra mudar tudo, atrasando a campanha ainda mais.

Menos candidatos

O número de candidatos registrados na Justiça eleitoral caiu no ES: de 812 candidatos em 2014 para 774 agora. Será que é efeito da Lava Jato, desesperança ou a grana está curta mesmo?

Muito menos

No país também diminuiu: há quatro anos foram registrados 26.162 candidatos, em 2018 são 24.597.

Vamos aplaudir

O deputado Gilsinho Lopes (PR) informa que, durante a campanha eleitoral, além de devolver o carro oficial, vai pagar a conta dos cinco celulares da Assembleia que estão à disposição da sua assessoria.

Alô! É da Assembleia?

E os demais deputados candidatos? A conta do celular nesse período será paga com dinheiro público?

Pode isso, Arnaldo?

A defesa de Lula gosta de escolher os juízes. E parte da Justiça permite isso.

Deu a largada

Casagrande saiu na frente. Ontem, no começo da tarde, a propaganda do candidato do PSB ao governo já estava inundando as redes sociais.

É de matar

O município de Linhares foi condenado pela Justiça a indenizar, em R$ 4 mil, uma mulher que foi obrigada a sepultar o próprio marido por falta de coveiro na cidade.

 

Isto é verdade

Wemerson da Silva Nogueira, o “Professor Nota 10”, suspeito de usar diploma falso, é candidato a deputado federal.

 

Estamos de olho

Tem candidato com práticas velhíssimas prometendo o futuro a quem votar nele.

Sala de aula

Apenas para deputado estadual, constam na relação da Justiça Eleitoral 16 pessoas com o nome “Professor” ou Professora”.

Alô, (in)Segurança!

O Espírito Santo está virando um Rio de Janeiro, mas com os supermercados fechados aos domingos?

 

A Gazeta integra o

Saiba mais
cariacica

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.