ASSINE
Oferecimento:
Modo de Visualização:

Haddad comenta críticas de Cid Gomes ao PT: 'Coisa meio acalorada'

Candidato petista ao Palácio do Planalto tentou minimizar as declarações do pedetista

Publicado em 16/10/2018 às 12h00
O candidato à presidência da República, Fernando Haddad. Crédito: Rovena Rosa/Agência Brasil
O candidato à presidência da República, Fernando Haddad. Crédito: Rovena Rosa/Agência Brasil

O candidato do PT à Presidência nas eleições 2018, Fernando Haddad, classificou como uma "coisa meio acalorada" as críticas feitas pelo senador eleito do Ceará Cid Gomes (PDT). "Uma coisa meio acalorada, não vou ficar comentando isso até porque eu tenho uma amizade com o Cid, ele fez elogios à minha pessoa", disse Haddad a jornalistas na manhã desta terça-feira, 16. Em uma discussão, Cid Gomes disse que o PT perderá eleição se não fizer mea culpa e chamou a militância petista de 'babaca'

O petista declarou que preferia ver o lado "positivo" das declarações do pedetista e que a amizade entre os dois continuaria a mesma. Haddad disputa o segundo turno da eleição presidencial com o candidato Jair Bolsonaro, do PSL. Levantamento feito por Ibope/Estado/TV Globo divulgado pouco antes do discurso de Cid Gomes aponta que Bolsonaro lidera a pesquisa com 59% dos votos válidos, contra 41% de Haddad.

Cid Gomes se envolveu em uma discussão com apoiadores do PT durante ato a favor ao candidato da sigla à Presidência, Fernando Haddad, na noite de segunda-feira, 15, em Fortaleza. Em vídeo que circula nas redes sociais, Cid faz elogios a Haddad, mas cobra que o PT faça um mea culpa para conquistar o apoio do eleitorado.

"Tem de pedir desculpas, tem de ter humildade, e reconhecer que fizeram muita besteira", disse o senador eleito, sendo interrompido por pessoas da plateia. "É sim, é? Pois tu vai perder a eleição. Não admitir um mea culpa, não admitir os erros que cometeu, isso é para perder a eleição e é bem feito. É bem feito perder a eleição", afirmou durante o ato.

A Gazeta integra o

Saiba mais
fernando haddad pt

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.