ASSINE

Candidatos ao governo do ES declaram R$ 21,9 milhões em bens

Postulantes ao Palácio Anchieta informaram seus bens ao pedirem registro de candidaturas

Fachada do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-ES). Crédito: Gustavo Louzada/Arquivo
Fachada do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-ES). Crédito: Gustavo Louzada/Arquivo

Os seis candidatos ao governo do Estado declararam, ao todo, R$ 21,9 milhões em bens à Justiça Eleitoral. As informações integram os pedidos de registro de candidatura – muitos feitos ontem, no limite do prazo. O empresário e professor Aridelmo Teixeira (PTB) responde pela maior parte da cifra: R$ 17.287.793,43.

O petebista vai disputar sua primeira eleição em outubro. Sócio da Fucape Business School, ele tem três quotas ou quinhões de capital, que somam R$ 15.468.400,00. Aridelmo também declarou possuir dois apartamentos, um no valor de R$ 1.076.875,00 e outro de R$ 181.500,00, além de possuir depósito bancário em conta corrente no país de R$ 536.018,43.

O segundo com maior patrimônio é o deputado federal Carlos Manato (PSL), com R$ 2.198.550,32. São R$ 451.294,15 a mais na comparação com o valor informado em 2014, quando ele se elegeu para a Câmara dos Deputados. Na lista de bens registrada no TRE, os itens mais caros são as quotas ou quinhões de capital, que somam um total de R$ 532.433,24, e um apartamento de R$ 486.750,00. O candidato ainda possui R$ 170 mil em espécie e um terreno de R$ 150 mil.

Segundo Manato, o crescimento do patrimônio se deve, principalmente, ao fato de ele ser sócio do Hospital Metropolitano, na Serra. "O hospital me rende cerca de R$ 80 mil de lucro por ano. Dá uma média de R$ 320 mil nesses quatro anos", conta.

APARTAMENTO 

O ex-governador Renato Casagrande (PSB) declarou R$ 1.522.547,24. Em 2014, quando também disputou o governo do Estado, ele informou um patrimônio de R$ 555.607,74. O atual, portanto, é quase três vezes maior. Isso ocorreu, de acordo com o ex-governador, devido à diferença de valores de um mesmo apartamento. O imóvel que aparece frente à cifra de R$ 1.085.545,44, em 2014 era exibido com o valor de R$ 228.410,15 e, na época, estava em construção na orla de Itapoã, em Vila Velha.

"Esse imóvel quatro anos atrás estava em nome da construtora e eu pagava um financiamento. O valor que entrou era o que eu tinha pago de financiamento", afirmou o ex-governador. "Agora, ele ficou pronto e foi transferido para o meu nome. O valor que está lá agora é o valor total do imóvel, apesar de ele ainda não estar quitado", complementou.

Há ainda em nome do socialista outro imóvel, no valor de R$ 190 mil, e dois veículos, de R$ 74.000,00 e R$ 110.000,00, além de cifras aplicadas em fundos.

Já a senadora Rose de Freitas (Podemos) declarou um valor inferior ao que informou quatro anos atrás – quando venceu a corrida pelo Senado. São R$ 622.489,10 enquanto no ano de 2014 eram R$ 988.566,00. O bem de maior valor, nos dois casos, é uma casa de R$ 160 mil.

SEM DETALHES

Ao contrário de eleições anteriores, o sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) não detalha os dados sobre os bens declarados. Era possível saber o endereço dos imóveis (a casa de R$ 160 mil em Fradinhos, Vitória) e o modelo dos veículos, por exemplo. Agora, não mais. Há, na declaração mais recente de Rose, também um apartamento de R$ 116.774,36; um veículo de R$ 1.800,00; outro de R$ 80.000,00, entre outros itens. Sem o detalhamento, é difícil dizer exatamente o que "saiu" do patrimônio. A reportagem tentou, sem sucesso, contato com a senadora nesta quarta-feira (15).

O advogado André Moreira (PSOL) declarou possuir R$ 103.079,62, mas, de acordo com sua assessoria, fará uma retificação para incluir outros bens: um apartamento de R$ 340 mil e uma guitarra de R$ 7 mil. Assim, o valor deve ficar próximo ao informado em 2014, R$ 411.745,10, quando ele tentou vaga no Senado.

A candidata do PT, Jackeline Rocha, declarou possuir R$ 170 mil em bens. O montante é dividido entre um apartamento, no valor de R$ 130 mil, e um carro de R$ 40 mil.

SEM VERIFICAÇÃO

Embora o TSE enquadre cada bem em um tipo – como terreno, veículo, apartamento e aplicação de renda fixa, por exemplo –, o patrimônio declarado não é verificado pela Justiça Eleitoral.

Os valores declarados servem apenas para que a sociedade possa acompanhar a evolução de bens dos políticos, a partir do momento em que eles se candidatam a cargo eletivo.

A legislação também não exige que o candidato apresente bens com os valores atualizados. Por isso, são comuns os imóveis e veículos listados com valores bem abaixo dos praticados no mercado.

PATRIMÔNIO INFORMADO AO TRE

ARIDELMO TEIXEIRA

Aridelmo Teixeira tem patrimônio de R$ 17.287.793. Crédito: Vitor Jubini
Aridelmo Teixeira tem patrimônio de R$ 17.287.793. Crédito: Vitor Jubini

PARTIDO: PTB

PATRIMÔNIO: R$ 17.287.793,43

CARLOS MANATO

Manato tem patrimônio de R$ 2.198.550. Crédito: Carlos Alberto Silva
Manato tem patrimônio de R$ 2.198.550. Crédito: Carlos Alberto Silva

PARTIDO: PSL

PATRIMÔNIO: R$ 2.198.550,32

RENATO CASAGRANDE

Casagrande tem patrimônio de R$ 1.522.547. Crédito: Fernando Madeira
Casagrande tem patrimônio de R$ 1.522.547. Crédito: Fernando Madeira

PARTIDO: PSB

PATRIMÔNIO: R$ 1.522.547,24

ROSE DE FREITAS

Rose de Freitas tem patrimônio de R$ 622.489. Crédito: Ricardo Medeiros
Rose de Freitas tem patrimônio de R$ 622.489. Crédito: Ricardo Medeiros

PARTIDO: PODEMOS

PATRIMÔNIO: R$ 622.489,10

JACKELINE ROCHA

Jackeline Rocha tem patrimônio de R$ 170 mil. Crédito: Vitor Jubini
Jackeline Rocha tem patrimônio de R$ 170 mil. Crédito: Vitor Jubini

PARTIDO: PT

PATRIMÔNIO: R$ 170 mil

ANDRÉ MOREIRA

André Moreira tem patrimônio de R$ 103.079. Crédito: Fernando Madeira
André Moreira tem patrimônio de R$ 103.079. Crédito: Fernando Madeira

PARTIDO: PSOL

PATRIMÔNIO: R$ 103.079,62

A Gazeta integra o

Saiba mais
carlos manato psb psl pt renato casagrande Rose de Freitas PTB PSOL

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.