ASSINE

Alckmin errou ao evitar o PT , diz marqueteiro de Doria

Biondi afirmou que, ao abandonar a polarização, Alckmin abriu espaço para que o então candidato do PSL, Jair Bolsonaro, assumisse o posto ocupado pelo PSDB nas últimas seis eleições presidenciais

Publicado em 03/11/2018 às 09h59
Geraldo Alckmin em entrevista no Jornal da Globo. Crédito: Reprodução TV Globo
Geraldo Alckmin em entrevista no Jornal da Globo. Crédito: Reprodução TV Globo

Marqueteiro da campanha de João Doria (PSDB) ao governo em 2018 e de Geraldo Alckmin (PSDB) em 2014, o publicitário Nelson Biondi afirmou que os tucanos erraram em não ter focado os ataques no PT desde o início da campanha presidencial.

Veterano do marketing político, Biondi afirmou que, ao abandonar a polarização, Alckmin abriu espaço para que o então candidato do PSL, Jair Bolsonaro, assumisse o posto ocupado pelo PSDB nas últimas seis eleições presidenciais.

"Eu achava que com aquele tempo todo de TV a eleição seria do Geraldo, mas isso não aconteceu. A situação talvez tivesse sido diferente se o Geraldo tivesse olhado para o PT, e não para o Bolsonaro", disse.

A Gazeta integra o

Saiba mais
eleições 2018 pt

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.